Quadrinhos na quarentena – parte 2

Continuando a colocar em dia a leitura de HQs digitais com super-heróis e ficção científica:

MS. MARVEL 2 continua sendo uma das minhas HQs favoritas de super-heróis, com uma personagem carismática e uma trama atraente.

EX MACHINA (livros 1 ao 5) começa com um primeiro volume não tão interessante quanto Saga ou Y – The Last Man, ambos de Brian K. Vaughan, mas o resto da série do super-herói que vira prefeito de Nova York compensa;

STAR TREK MIRROR BROKEN traz o famoso Universo Espelho para a Nova Geração, mostrando o lado sombrio da tripulação de Picard. Arte e roteiro bons, o que não acontece com a continuação THROUGH THE MIRROR, quando as tripulações dos dois universos se encontram;

SPACE PUNISHER mistura o Justiceiro com space opera. O resultado poderia até ser interessante, mas ficou muito ruim; a única coisa que dá para apreciar um pouco é a arte de Mark Texeira, inspirada nos pulps.

Quadrinhos na quarentena

Aproveitando a quarentena para ler HQs compradas há tempos (Comixology e Humble Bundle) ou disponíveis no Kindle Unlimited (coincidentemente, todas com personagens criados nos anos de 1960 e 1970):

RED SONJA – ART OF BLOOD AND FIRE traz novas aventuras da famosa guerreira ruiva, sempre com muita ação e dessa vez mais humor do que no primeiro volume, escrito também por Gail Simone e com arte de Walter Geovani.;

JAMES BOND 007 – VARGR tem uma trama escrita que, apesar de ser do Warren Ellis, poderia ser mais interessante, porém, vale muito pela arte de Jason Masters;

 

hqs quarentena

CAPTAIN MARVEL – HIGHER, FURTHER, FASTER, MORE, que foi escrita por Kelly Sue DeConnick e com desenhos de David Lopez, combina o gênero de super-heróis com space opera, numa mistura que me agradou muito;

QUARRY’S WAR é uma ótima história criminal, com roteiro do veterano Max Allan Collins e arte de Szymon Kudranski e Edu Menna, mostrando a vida de um ex-soldado do Vietnã, agora assassino profissional.