Resenha de O Outro Lado do Crime

Saiu a primeira resenha da coletânea O outro lado do crime — e destacando positivamente o meu conto hardboiled O que acontece em BOTtown ! Vale a pena ler o artigo do Alex André , do blog Lendo Muito, e conhecer a opinião dele.

logo

Lembrando que o livro já está à venda — que tal começar o ano lendo nove ótimas histórias?

O mais novo trabalho do detetive particular Simón Hermes é encontrar a esposa desaparecida de um alto executivo em Marte. Conforme se aprofunda na investigação, ele descobre o envolvimento da mulher em uma antiga religião, levando o detetive ao bairro de BOTtown, o lugar mais perigoso do planeta vermelho.

Em O Outro lado do Crime – Casos Sobrenaturais, a atmosfera de mistério das narrativas policiais se mistura com a aura insólita do fantástico, em histórias que vão testar sua coragem e seu poder de dedução. Você está convidado a embarcar nestes microuniversos peculiares e tentar desvendar cada um dos nove crimes apresentados ao lado dos organizadores Bruno Anselmi Matangrano e Debora Gimenes, e dos autores Fernanda Borges, James Andrade, Luis Eduardo Matta, Marcelo Augusto Galvão, Natália Couto Azevedo, O. A. Secatto e Vera Carvalho Assumpção. Você está preparado?

 

Anúncios

Lançamento de O Outro Lado do Crime

Neste sábado tem lançamento em São Paulo de uma coletânea que conta com minha participação.

capa-o-outro-lado-do-crime-pronta-frente

Organizada por Bruno Matangrano e Debora Gimenes, O outro lado do crime – Casos Sobrenaturais (Llyr Editorial) reúne nove contos que misturam histórias policiais com elementos fantásticos. Eu participo com a história hardboiled O que acontece em BOTtown:

O mais novo trabalho do detetive particular Simón Hermes é encontrar a esposa desaparecida de um alto executivo em Marte. Conforme se aprofunda na investigação, ele descobre o envolvimento da mulher em uma antiga religião, levando o detetive ao bairro de BOTtown, o lugar mais perigoso do planeta vermelho.

Em O Outro lado do Crime – Casos Sobrenaturais, a atmosfera de mistério das narrativas policiais se mistura com a aura insólita do fantástico, em histórias que vão testar sua coragem e seu poder de dedução. Você está convidado a embarcar nestes microuniversos peculiares e tentar desvendar cada um dos nove crimes apresentados ao lado dos organizadores Bruno Anselmi Matangrano e Debora Gimenes, e dos autores Fernanda Borges, James Andrade, Luis Eduardo Matta, Marcelo Augusto Galvão, Natália Couto Azevedo, O. A. Secatto e Vera Carvalho Assumpção. Você está preparado?

O livro será lançado neste sábado, às 15h00, no estande da Vermelho Marinho na Primavera Literária de São Paulo (Parque Villa Lobos — Av. Prof. Fonseca Rodrigues, 1025 – Pinheiros – São Paulo).

Livros de 2014 – 1ª parte

Já estamos no segundo semestre do ano, então é hora de comentar alguns livros que chamaram a minha atenção (além de voltar a escrever no blog, agora com um novo visual).

Butch

Butch Fatale – Dyke Dick: Double-D Double Cross, de Christa Faust. Faust é considerada uma das melhores escritoras de ficção criminal da atualidade, criando personagens femininas que se aventuram no cenário de alguma subcultura. Foi assim em Moneyshot (pornografia), Choke Hold (artes marciais mistas) e, com este livro, o mundo LGBT (com ênfase no L). Butch Fatale é uma detetive particular de Los Angeles contratada para encontrar a namorada desaparecida da sua mais recente cliente. E como não podia deixar de acontecer em uma história criminal, ela descobre que a moça morreu de uma aparente overdose, para então envolver-se numa trama com assassinatos, política, chantagem e muito, muito sexo.

Fatale é uma espécie de versão lésbica do detetive hardboiled Mike Hammer, com direito até mesmo a uma secretária sexy. A diferença aqui fica com o humor (a começar pelo título do livro) e as cenas bem apimentadas de sexo, já que Butch nunca resiste a um rabo de saia. A trama tem ação em dose certa (apesar de uma perseguição no final que beira o absurdo…) e mostra não só parte da subcultura LGBT, mas também a de Hollywood.

Galveston

Galveston, de Nic Pizzolato (Scribner). Antes de criar a série True Detective, uma das grandes surpresas do ano na TV, Pizzolato escreveu em 2010 este livro que tem como cenário a cidade texana do título. O personagem principal é Roy Cady, um criminoso que descobre que tem câncer logo na primeira página, mas este será o menor dos seus problemas quando ele também descobre que alguém quer matá-lo.

Este é um típico noir, a começar pelo protagonista, um bandido calejado pela vida condenado por uma doença, e prosseguindo pelo clima fatalista que permeia o livro. Pizzolatto sabe contar uma história instigante – ainda que ela se arraste por alguns capítulos do meio, como se ele embromasse só para que o livro ficasse maior -, porém, pode decepcionar os leitores que esperam reviravoltas; na realidade, chega a ser previsível em determinado ponto. O forte mesmo aqui são os personagens, pessoas que vivem no submundo da sociedade e tentam se reerguer de alguma forma, lembrando em vários momentos as obras de David Goodis, um dos grandes nomes do gênero, com obras como Atire no pianista. Para os fãs da série de TV interessados neste trabalho de Pizzolato, vale notar alguns detalhes que ele usa na trama e que depois aproveitaria em True Detective, incluindo o fato da história se passar em duas épocas distintas.

last

Last Days, de Brian Evenson (Underland Press). Este foi um dos livros mais bizarros que li nos últimos anos, a começar pela premissa na qual Kline, ex-policial que teve a mão amputada por um criminoso, é forçado a solucionar um assassinato em uma seita formada por mutilados.

A história começa bem, em parte pela excentricidade da situação em que Kline se envolve e com a recusa dos seguidores em colaborarem com a investigação, já que a seita tem uma curiosa ordem hierárquica: quanto mais mutilada a pessoa, mais ela é respeitada pelos seus pares. Porém, a trama perde a força na última metade quando mais bizarrices surgem e que nem sempre são bem aproveitadas.

Evenson tem uma prosa lacônica que lembra a de Dashiell Hammett, o que não é surpresa, pois o famoso autor hardboiled foi uma das inspirações para o livro, conforme o próprio Evenson explica ao final. A obra conta ainda com um interessante prefácio escrito por Peter Straub (Os Mortos-Vivos, Koko), mas cheio de spoilers.

Novos ebooks e contos em antologias

Na correria do dia a dia, nem tive tempo de anunciar aqui as boas notícias:

1) A Tarja anunciou a publicação de duas antologias com temas bem interessantes, ambas contando com minha participação. A primeira é Retrofuturismo – Um compêndio do Comendador Romeu Martins sobre as variantes do punk e suas associações inimagináveis. Como o gigantesco subtítulo sugere 🙂 , o livro organizado pelo jornalista Romeu Martins – um dos principais nomes do steampunk no Brasil – reúne contos em que diversos tipos de tecnologia surgem de modo retroativo na história. Assim, minha história atomicpunk A morte nos espreita do espaço, enquanto aguardamos o apocalipse nuclear se passa nos anos 1960, mostrando os traumas de um veterano de guerra em um cenário no qual a tecnologia atômica tem uma importância crucial, modificando profundamente o mundo.

tarja

A segunda antologia é Dark Policial – Divisão de Casos Sobrenaturais, organizada por Bruno Anselmi Matangrano e Débora Gimenes. Com uma premissa que mistura crime com sobrenatural, a obra traz onze contos, incluindo o meu O que acontece em BOTtown, uma trama com um investigador particular tentando descobrir o paradeiro de uma mulher, sendo a diferença aqui o cenário escolhido: o planeta Marte, em algum ponto no futuro. O projeto conta com um blog que vale a pena acompanhar.

Em breve, a editora divulgará as datas de lançamento.

2) Já a Draco publicou duas histórias minhas em ebooks pelo Contos do Dragão. Inferno de Dantès é a noveleta que faz parte da antologia Space Opera 2, com a trama de um soldado convocado para uma missão importante em um planeta inóspito. Essa história – que foi bem recebida pelo público –  é a primeira de uma série que forma, junto com outras duas (Encruzilhada no Paraíso e a ainda inédita Caminho para o purgatório), a introdução para um futuro projeto de space opera. A noveleta está disponível na Amazon e na Kobo, através da Livraria Cultura.

draco

Por último, temos Das reminiscências do Dr. Ormond Sacker, clínico geral, a história que integra Sherlock Holmes – Aventuras Secretas, antologia que homenageia o maior detetive de todos os tempos. John Watson foi assassinado e cabe a Sherlock Holmes e ao Dr. Ormond Sacker, o médico com quem divide o apartamento no número 221B da Rua Baker, investigarem o crime brutal. Também está disponível tanto na Amazon quanto na Kobo (ou pela Livraria Cultura).

Por enquanto, é só. Mas, se tudo ocorrer como planejado, logo devo ter mais novidades.

 

Ebook Sherlock Holmes – Aventuras Secretas pela metade do preço na Livraria Cultura!

Agora é a vez da Livraria Cultura disponibilizar Sherlock Holmes – Aventuras Secretas com um desconto de 50%  – apenas R$ 9,90 !

sh50desconto

Não perca a oportunidade de ler esta antologia, com organização minha e de Carlos Orsi, reunindo oito contos que prestam tributo ao  personagem criado por Sir Arthur Conan Doyle.

The game is afoot… again!

(acabou!)

Sherlock Holmes – Aventuras Secretas com 50% de desconto!

O e-book Sherlock Holmes – Aventuras Secretas – antologia que tem organização minha e de Carlos Orsi, reunindo oito contos que prestam tributo ao  personagem criado por Sir Arthur Conan Doyle – está com um superdesconto até 28/02: de R$ 19,90 por apenas R$ 9,90 !

E já ocupa a segunda posição na categoria Crime, suspense e mistério na Amazon brasileira:

sh

The game is afoot!

(mas só até 28/02)

(por mais alguns dias – aproveitem!)

(acabou!)

Lançamento de Suicidas

Nesta terça, 11/09, às 19:00, tem o lançamento paulista de Suicidas, romance de estreia de Raphael Montes.

Da sinopse:

Um porão, nove jovens e uma Magnum 608. O que poderia ter levado universitários da elite carioca – aparentemente sem problemas – a participar de uma roleta-russa? Um ano depois do trágico evento, que terminou de forma violenta e bizarramente misteriosa, uma nova pista, até então mantida em segredo pela polícia, ilumina o nebuloso caso. Sob o comando da delegada Diana Guimarães, as mães desses jovens são reunidas para tentar entender o que realmente aconteceu, e os motivos que levaram seus filhos a cometerem suicídio. Por meio da leitura das anotações feitas por um dos suicidas durante o fatídico episódio, as mães são submersas no turbilhão de momentos que culminaram na morte de seus filhos. A reunião se dá em clima de tensão absoluta, verdades são ditas sem a falsa piedade das máscaras sociais e, sorrateiramente, algo maior começa a se revelar.

O evento será na Saraiva Megastore do Shopping Paulista (Rua Treze de Maio, 1947, SP).