Retrospectiva de 2018

Ano acabando e então é hora da rever o que li, assisti e joguei. Eu cheguei a comentar alguns dos livros e quadrinhos logo no início de 2018, mas não foi possível continuar no mesmo formato. Agora, farei uma versão minimalista do que se destacou entre as 42 publicações lidas:

Resultado de imagem para valfrido? lote 42

Mistura interessante de ficção e não ficção em um formato diferente.

Resultado de imagem para hex thomas

Um bom livro de terror, ainda que o final deixe a desejar.

devorados-editoradraco-hq2017

Arte e roteiro combinam bem nessa HQ, mesmo com infodumping na história.

Resultado de imagem para noite escura rodrigo tavares

Uma boa novella de faroeste no sul do Brasil.

Resultado de imagem para i am legend richard matheson

Um clássico que mistura ficção científica com vampiros.

Resultado de imagem para horrostor grady hendrix

Este livro só é legal em formato físico: imita o catálogo de uma loja de móveis e utensílios domésticos assombrada por fantasmas . Boa história e personagens interessantes.

Resultado de imagem para eric novello ninguem nasce heroi

Uma trama tecida com sensibilidade em um momento tão importante no país.

***

Seguindo a tendência do ano anterior, não só comprei menos games como também joguei menos e não cheguei ao final de qualquer um. Por outro lado, joguei muito mais RPG de mesa, uma paixão que redescobri. Entre tantas opções que estou conhecendo, o que destaco são:

Resultado de imagem para broken earth rpg savage worlds

Savage Worlds (lançado aqui no Brasil pela Retropunk) é atualmente um dos meus sistemas genéricos favoritos, enquanto o suplemento Broken Earth se tornou meu cenário preferido, com sua ambientação pós-apocalíptica.

Resultado de imagem para supers red edition rpg

Existem várias opções para jogar RPG com super-heróis (entre sistemas específicos e genéricos como Mutantes & Malfeitores, Icons, GURPS e Savage Worlds), mas a maioria abusa e complica as regras de superpoderes. Até o momento, Supers! Revised Edition não mostrou ter esse problema na campanha que estou narrando.

***

Também assisti a poucos seriados, assim como aconteceu no último ano, e não alcancei o final de qualquer temporada, apesar de ter muita coisa boa por aí (meu problema é que não tenho mais paciência para temporadas longas).

***

Não fui tanto no cinema quanto gostaria, mas os filmes que se destacaram foram:

Resultado de imagem para avengers infinity war

O filme que muda a história do Universo Marvel até agora, preparando para o grand finale do próximo ano.

Resultado de imagem para ant man wasp

Um bom filme que mantém o mesmo clima animado da película de 2015.

Resultado de imagem para mission impossible fallout poster

Sem dúvida, um dos melhores filmes de ação dos últimos tempos!

***

Um Feliz e Próspero 2019 para todos 🙂

 

Lançamentos da semana em São Paulo e Porto Alegre

Dois lançamentos de livros com temas interessantes nessa semana, contando ambos com a organização de Cesar Alcázar. O primeiro, em São Paulo, é Crônicas de Espada e Magia (Arte & Letra e Argonautas), que traz um excelente elenco de autores nacionais e estrangeiros escrevendo sobre o popular subgênero da fantasia:

cronicas

Da sinopse:

A Arte & Letra lança a antologia Crônicas de Espada e Magia, em coedição com a editora gaúcha Argonautas, reunindo clássicos do gênero com autores contemporâneos, entre estrangeiros e brasileiros. A seleção contempla aquele que é considerado o fundador do subgênero de Espada e Feitiçaria, o americano Robert E. Howard (1906-1936), além de Karl Edward Wagner (1945-1994) e Fritz Leiber (1910-1992), tradicionais nomes da literatura de fantasia.

Entre os contemporâneos, estão George R.R. Martin, autor do fenômeno Crônicas de Gelo e Fogo, que em 2011 deu origem ao seriado americano Game of Thrones; o árabe-americano Saladin Ahmed, cuja trilogia The Crescent Moon Kingdoms foi finalista do Hugo Award, o Oscar da ficção científica/fantasia; e o inglês Michael Moorcock, vencedor do Nebula Award, prêmio concedido pela associação americana de autores de ficção científica e fantasia (SFWA, na sigla em inglês).

Além de nomes já consagrados da literatura de Fantasia, a antologia apresenta contos de escritores brasileiros: Thiago Tizzot, Ana Cristina Rodrigues, Carlos Orsi, Max Mallmann e Roberto Causo completam o time da antologia, que assim oferece um inédito panorama das histórias de Espada e Feitiçaria, subgênero da literatura fantástica surgido na primeira metade do século 20. Com personagens de moralidade dúbia e tramas centradas em batalhas pessoais, as narrativas de “Sword and Sorcery” nasceram do encontro do estiloswashbuckler de Rafael Sabatini e Alexandre Dumas com o horror cósmico de H. P. Lovecraft e Clark Ashton Smith.

Uma introdução assinada pelo organizador da antologia, Cesar Alcázar, completa o volume. A arte da capa é do americano Kekai Kotaki, conhecido por suas ilustrações para obras de fantasia e RPG.

Já em Porto Alegre, durante o Fantaspoa – Festival de Cinema Fantástico de Porto Alegre, vamos ter Cemitério Perdido dos Filmes B: Exploitation! (Estronho), livro que reúne resenhas de filmes de baixo orçamento geralmente ignorados pela crítica:

Cemitério Perdido Capa

Da sinopse:

Prepare-se para conhecer um universo lendário e fascinante, cheio de ousadia, paixão, coragem e também muita cara de pau. Cemitério Perdido dos Filmes B: Exploitation! é um mergulho radical no lado obscuro do Cinema, das selvas infestadas de canibais aos templos de lutadores no oriente, passando pelas ruas perigosas das grandes metrópoles e padecendo em campos de prisioneiros em terras distantes. Doze corajosos autores se aventuram por 135 filmes de diversos gêneros, relatando com horror, humor e amor o que o Cinema tem a oferecer de mais intenso!

O lançamento será no dia 18 de maio, às 13:30 horas, no CineBancários (Rua General Câmara, 424, Centro, Porto Alegre).

 

Mostra Hitchcock

Os cinéfilos do Rio e São Paulo tem uma programa imperdível a partir de junho com a Mostra Hitchcock de cinema, trazendo clássicos do mestre do suspense, tanto da sua fase inglesa – como 39 degraus, a primeira versão de O homem que sabia demais, Sabotador – quanto da americana – os conhecidos Um corpo que cai, Os pássaros, Janela indiscreta. Além dos 59 filmes (!), serão exibidos também episódios da famosa série televisiva apresentada por Hitchcock nos anos 60.

Para conhecer a programação completa, clique aqui.